Tecnologias diferenciais Phantosys

 

A tecnologia de virtualização aplicada por Phantosys é multi-plataforma, e trabalha com tecnologias-padrão de armazenamento e acesso a disco e á rede, utilizadas por diversos sistemas operacionais, desde obsoletos como WinXP, atuais como Windows 7 e 8, 32 ou 64 bits, bem como com distribuições Linux. Isso garante também compatibilidade com sistemas futuros.

O menu de boot instalado em cada cliente Phantosys é uma implementação de um mini-S.O. guia, e ocupa a área reservada aos gerenciadores de boot de disco. Um dos grande diferenciais é poder oferecer ambientes Windows e Linux, ao mesmo tempo, carregados juntos dentro do mesmo “cache” e não em partições diferentes.

 

O sistema permite também “esconder” o menu, eliminando qualquer necessidade de intervenção do usuário, que inicia o PC com o sistema operacional carregado de forma idêntica á de um PC tradicional.

O mini-OS Phantosys suporta comandos de I/O fundamentais e controles ATA nativos. Realiza controle de leitura e escrita de HDD via driver PXE ROM da Motherboard conectado ao servidor através do protocolo EDSC com transmissão por data frame e algoritmo MD5. Possibilita guiar o cliente ao grupo selecionado (ponto de recuperação).

 

Phantosys implementa Virtualização de Volume de Armazenamento através da tecnologia Phantosys DoE (Disk on Ethernet)

O protocolo permite a execução de comandos de acesso à disco, através da rede, de forma transparente para o sistema operacional que interpreta-os como acesso à HD local.

O volume lógico contendo a partição de sistema no PC cliente é apresentado como se fosse um segundo disco físico (1), que na verdade não existe. Os arquivos estão, portanto, armazenados fisicamente no disco (0), numa estrutura de armazenamento invisível, que somente o sistema Phantosys pode acessar.

Phantosys inclui um driver de discos virtual, que se comunica com o servidor e controla o acionamento dos pontos de recuperação de imagens de Sistemas Operacionais armazenados em cachê.

A segurança no acesso aos volumes de armazenamento é garantida pela separação da tabela de setores de disco, armazenada no servidor e copiada para o cliente somente após identificação e autorização.

No servidor Phantosys, o administrador cria um repositório de imagens, num conceito de árvore, onde múltiplos sistemas operacionais podem ser armazenados e modificados com variações de configurações e aplicativos, criando os chamados “nós” de recuperação, que são associados aos grupos de PCs clientes e copiados pela rede de forma diferencial. O critério de herança faz com que, ao deletar um nó “pai”, seu “filho” assume seu lugar sem perder os arquivos “herdados”.

A estrutura do arquivo repositório PIM (Phantosys Image Manager) é única e patenteada. Permite armazenar inúmeros pontos de restauração, e manter as associações de hierarquia e herança, bem como de hosts autorizados. A demanda por espaço de storage no servidor é mínima, praticamente o mesmo espaço consumido por um único cliente é suficiente para atender centenas.

 

A tecnologia Phantosys permite ainda o bloqueio de portas e unidades de armazenamento internas e externas, tudo isso controlado de forma externa ao sistema operacional em operação no cliente, imune à tentativas de “burlar” bloqueios feitos via aplicativos.

Outro importante diferencial exclusivo Phantosys é a Recuperação das imagens, mesmo quando armazenadas em cachê no PC cliente. Phantosys Recovery é feito de forma externa, e não depende de nenhum serviço de sistema operacional, recuperando o estado original de sistemas Windows e Linux.

Além das funções de virtualização, Phantosys permite comandar de forma centralizada várias funções de gerenciamento de PCs clientes, como: agendamentos de horários para ligar, desligar, reboot com recuperação automática, formatação de HD, bem como cópia sincronizada de alterações nas imagens.

Da mesma forma que nós de armazenamento virtual são usados para carregar partições virtuais de sistema, também permite criar nós para separar partição de dados, para armazenar arquivos de usuário fora da partição de sistema, assim a recuperação pode ser acionada somente para os nós de sistema, mas preservando as alterações dos nós de armazenamento de arquivos de usuário.

A plataforma inclui ainda a disponibilidade de DLLs para suporte ao desenvolvimento de ferramentas customizadas.

 

Aplicativo opcional – Phantosys Student Manager

Provê ao professor capacidade de controle sobre os PCs da sala de aula, ganhando tempo e disciplinando os alunos no uso correto do computador durante as aulas.

 

Através dele, o PC do professor controla e interage com os PCs dos seus alunos, com funções como: enviar mensagens de aviso, comandar abertura de aplicativos, bloquear temporariamente o acesso do navegador na Internet ou o acesso a dispositivos USB, visualizar as telas dos alunos no console do professor, enviar arquivos ou pastas para um ou mais alunos, receber arquivos ou pastas dos alunos (automaticamente nomeados por nome do PC e nome do aluno), ligar e desligar os PCs.